sábado, 7 de maio de 2011

Ainda no dominio do comportamento social


Apercebi-me há uns dias, de um ser que se pavoneia numa das linhas de metro em que eu ando todos os dias.
Cabelo lambido a gel, óculos de sol (no metro), e uma pose irrepreensível bem ao estilo: Sou-tão-hot-se-me-tocarem-queimam-se!
Um autentico pintas!

Hoje lá estava ele, na plataforma do metro, atento a tudo o que mexe.

Chegou uma rapariga loira, alta, bonita, bem vestida, de pernas desnudadas e eu pensei: Este marmanjo não vai deixar isto passar incólume!

Bingo! Não deve haver nada mais certo que isto.

Os olhos dele atacaram-lhe as pernas como flechas e a sua pose macho man insinuou-se mais ainda, numa espécie de dança do acasalamento. (adoro observar estas coisas!)
Era certinho que ele ia entrar na mesma porta do metro que ela e fazer de tudo para ficar por perto.

Bruxo! Sentado mesmo em frente a ela.
Previsível que dói.

Não há mulher "atacada" desta maneira, que não repare. Ela visivelmente incomodada, fingia que não o via olhar sempre que mexia um dedo, se ajeitava no banco, espirrava, respirava, etc.

Escusado será dizer que ele não teve tomates para lhe dirigir a palavra.
Limitou-se a olhar para ela, como se ela fosse o ultimo canapé numa qualquer mesa buffet, até ela se ir embora.

Banana! Os homens são tão bananas.
Tanta insinuação e nada. Para quê?!


Pensando bem, depois daquele "ataque" o melhor mesmo era ele nem abrir a boca.

1 comentário:

  1. XDDDDDD adorava ter visto também. Gosto destas tuas "observações" de algumas peças da sociedade ;)

    ResponderEliminar