sábado, 28 de maio de 2011

Depois não digam que eu não avisei

Adoro observar o comportamento das pessoas em sociedade.
Por isso, viajar de metro metro é para mim um carrossel. Fico a tentar decifrar mensagens subliminares. Trocas de olhares. Intenções camufladas. Conversas! Entretenho-me a adivinhar as profissões das pessoas ou os seus destinos, dependendo do que vestem e como se comportam.
Crio estereótipos e faço humor com isso! (a maior parte fica só na minha cabeça!)

Por vezes, tenho receio que confundam isto com preconceito.
Nada tem a ver! Ou pelo menos, não com uma dose de maldade!
Critico modas e hábitos, mas amo do fundo do coração todos os que à minha volta se rendem a essas modas ou têm esses mesmos hábitos.
O peixinho morre pela boca e meia volta até eu me rendo a esses mesmos comportamentos, achando tudo ainda mais curioso.


Agora que estamos esclarecidos, já me sinto com força para voltar à carga!

Sem comentários:

Enviar um comentário