quinta-feira, 5 de julho de 2012

De cara lavada #4

Em todas as casas há pelo menos uma gaveta onde se guarda este mundo e o outro, e onde tudo o que é tralha vai lá parar. Na minha secretária tinha uma dessas gavetas.

Ora, examinai...

A Mother of God das gavetas!
Aqui dentro havia de tudo. Desde os mil cabos de ligação dos aparelhos electrónicos, passando por telemóveis que já não funcionavam, um livro de instruções em Alemão (eu não sei uma palavra de Alemão (por acaso sei mas não posso dizer!), para que é que eu guardo um livro de instruções em Alemão?), uma calculadora/agenda electrónica de 1905, CDs que não uso há anos, um carregador de telemóvel que não funciona bem e o diabo a sete.

Muito útil quando não se sabe nada de Alemão, e quando o livro de instruções em PT está acessível a todos na Internet.
Mas que... eu brinquei com isto, quando era miúda! Santo Deus.
Tendo em conta que tenho mais dois carregadores iguais, um que funciona mal é realmente bastante útil!!

Comecei por tirar tudo da gaveta e ir separando os objectos.
De um lado, aqueles que sem duvida precisava. E do outro, aqueles que não usava ou que estavam estragados, indo de seguida para o lixo. 

Decidi que na única gaveta que a minha secretária tem, só posso manter as coisas que preciso quando estou naquele espaço. Apesar de óbvio, não era o que acontecia.

Tendo em conta esta premissa, cheguei à conclusão que dos objectos que estavam dentro da gaveta, aqueles de que preciso ter à mão neste espaço são estes...



E foi assim que ficou a minha gaveta. Desimpedida para colocar o que faz mesmo falta.

As restantes coisas que apesar de não me serem úteis naquela gaveta, mas das quais preciso, guardei-as num local mais prático.

Preciso dos carregadores e respectivos cabos perto da tomada onde os ligo, certo? Ora, foi aí que os arrumei.

 

Apesar de tanto equipamento, ainda sobrou espaço dentro da caixa. Mais tarde, talvez mude para uma caixa mais pequena, porque a ideia é aproveitar ao máximo o espaço que tenho.


Logo ali ao lado, avistei uma série de CD que já não usava há séculos. Foi tudo fora também!
Diciopédia 2001? CREDO!

E por falar nisso, alguém precisa de caixas de CD? Tenho montes!

2 comentários:

  1. OHPAH ao ver essa tua gaveta, lembrei-me de um comediante britânico Michael McIntyre haha ele fez uma piada sobre uma gaveta que todos os homens tem em que guardam tudo e mais alguma coisa, menus de uma data de restaurantes, chaves de casas antigas, pilhas, telemóveis pré-históricos, fita-métrica e moedas de outros países haha.

    ResponderEliminar
  2. Pois, não são só os homens. Todos fazemos isso!
    Não se percebe!! lol

    ResponderEliminar